Presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi destaca sobre nova área para clientes de alto rendimento

Recentemente, uma das estratégias adotadas pelo Bradesco é o foco contínuo nos correntistas de alto rendimento. Um exemplo disso é o fato do banco ter comprado em 2015 o HSBC no Brasil, o que trouxe a instituição um número maior de clientes que se enquadram nessa posição. Agora, outro passo importante dado pela empresa foi a criação de uma área dedicada exclusivamente a gerenciar o relacionamento e os negócios desses correntistas de alta renda com a Diretoria Executiva.

Guilherme Muller Leal, que ocupava anteriormente a função de Diretor Executivo da área de Corporate, responsável pelas grandes corporações, foi o escolhido para comandar esse projeto. Paralelamente, o profissional Bruno Melo Boetger, até então Diretor do Departamento de Câmbio, foi promovido para substituir Leal em sua antiga função.

O presidente executivo do banco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, enviou uma nota sobre o tema, na qual ressaltou que com essa estratégia escolhida pela instituição, o objetivo principal é melhorar progressivamente o atendimento dedicado a essa parcela de clientes, tendo em vista que a mesma possui a estimativa de crescer consideravelmente nos próximos anos.

O presidente destacou que, em cerca de dez anos, o setor bancário do país contará com uma influência crescente dos clientes de alto rendimento. Luiz Carlos Trabuco Cappi informou também que o que levará a esse cenário é a estabilidade da economia brasileira e o crescimento econômico esperado para os próximos anos. Esses foram alguns dos fatores que incentivaram o Bradesco a tomar essa decisão.

O executivo Guilherme Muller Leal trabalha no banco há dezoito anos e tem formação no curso de Economia. Posteriormente, ele cursou especializações em finanças corporativas na PUC do Rio de Janeiro, e participou de um programa internacional para executivos da Wharton School. Já Bruno Melo Boetger, este está na instituição bancária há cerca de dez anos, e possui diploma em Administração na Fundação Getúlio Vargas, além de mestrado em Finanças pela Universidade Cornell.

De acordo com Luiz Carlos Trabuco Cappi, essas alterações foram adotadas com o intuito de variar as experiências e diversificar as trajetórias profissionais dos executivos que trabalham para a instituição. Com isso, o objetivo do Bradesco é possuir um quadro de executivos experientes e com capacidades em diversas áreas da gestão bancária.

O executivo Luiz Carlos Trabuco Cappi chegou ao cargo de presidente da instituição há oito anos, depois de trabalhar na empresa por quatro décadas desde que se formou na faculdade, em 1969. Com o diploma em Filosofia na Universidade Estadual Paulista (UNESP), ele foi crescendo na escala hierárquica da empresa ao longo dos anos, tendo passado por funções de destaque como a de presidente do segmento de seguros da instituição bancária.

Em seu período como presidente da empresa, Luiz Carlos Trabuco Cappi encabeçou vários momentos importantes como a aquisição das conta do HSBC, a qual se tornou o principal processo de fusão bancária do Brasil, alcançando um montante de mais de US$ 5 bilhões. No decorrer dos últimos anos, por sua vez, o grande desafio da empresa é a informatização de seus serviços, assim como a adaptação dos correntistas a essa nova fase digital dos bancos.