Elegante na gravidez: Meghan Markle inspira moda para gestantes, por Donata Meirelles

O anúncio do nascimento do filho de príncipe Harry e Meghan Markle fez com que o mundo voltasse os olhos para a família real britânica. Ao longo de toda a gestação, os looks de Meghan também chamaram a atenção. Embora algumas mulheres considerem um verdadeiro desafio manter a elegância ao longo da gravidez, Donata Meirelles salienta que a duquesa de Sussex conseguiu fazer isso com maestria ao longo dos nove meses em que carregou o bebê real.

Dona de um estilo que mistura jovialidade e elegância, Meghan empregou, ao longo de toda a sua gestação, peças bem cortadas, mas que empregavam um toque de despojamento, que é peculiar de sua forma de se vestir, aborda a empresária. Em eventos oficiais, o que se via era fruto de algumas criações de estilistas. O grande destaque, entretanto, ficou por conta do que ela vestia em ocasiões menos formais. As combinações de roupas foram destaque principalmente em virtude de ela estar grávida.

Uma das combinações prediletas de Meghan consistia no fato de reunir casacos e vestidos. O toque de elegância se tornava ainda mais evidente em face da atriz montar looks em tons monocromáticos, ou seja, as peças que iam embaixo dos casacos eram feitas exatamente em tecidos da mesma cor. Ao utilizar este estilo de roupas, ela foi destaque em três ocasiões. Em uma delas, a cor branca predominou, já nas outras vezes se pôde ver peças nas cores preta e nude. Especialistas em moda explicam que essas tonalidades são tendência na moda atual.

Donata Meirelles pontua que é possível adotar este mesmo estilo de se vestir. Ainda que o Brasil seja um país com clima extremamente diferente daquele verificado na Inglaterra, pode-se fazer algumas alterações para quem mora em terras tropicais, destaca a empreendedora brasileira. Em relação aos looks monocromáticos, a empresária pontua que os casacos podem ceder lugar a coletes que formem visuais monocromáticos, algo que valorizaria ainda mais a silhueta das gestantes.

Os calçados também foram destaque na maneira de Meghan montar seus looks ao longo da gestação de Archie, nome dado ao bebê real nascido em maio. Quando montava produções monocromáticas, ela procurava investir em algum scarpin em cor neutra. O nude predominava entre as cores de sapatos adotadas por ela. Vale destacar que em quase todas as ocasiões, a integrante da família real britânica não abriu mão de utilizar saltos altos. Os preferidos da condessa foram os saltos finos, ressalta a empreendedora.

Além dos neutros, Meghan empregou também alguns tons terrosos. Estilistas já anunciaram que estas cores seriam predominantes para o ano de 2.019. A novidade é que estas peças de roupa também ficam bem para as mulheres que não estão grávidas. Tratando-se de tonalidades versáteis, a empresária destaca que há uma natural valorização do visual quando se adota este tipo de look, uma vez que confere um ar de elegância, sobretudo quando há combinações acertadas de calçados. As irmãs Kardashian já haviam precedido esta moda dos looks monocromáticos.

Os looks monocromáticos, além de serem considerados elegantes, de acordo com as tendências internacionais de moda da atualidade, são também muito práticos para o dia a dia, noticia a empreendedora do ramo da moda. É bastante fácil de se montar tal tipo de look, o que torna apropriado para quando se está grávida e se deseja algo sofisticado, sem que seja preciso investir em algo muito dispendioso ou difícil de se encontrar.

Meghan, no entanto, não se ateve ao fato de empregar roupas em tons neutros ou terrosos. Ela já foi vista empregando uma das combinações de cores mais atuais. Trata-se do uso do vermelho em combinação com o violeta. Para acompanhar essa produção, ela utilizava acessórios em cores que lembravam caramelo, que também são algumas das tendências do segmento fashion que prometem ser largamente empregadas em 2.019.

Em se tratando de vestidos, Meghan apostou nos de modelo “Chemise”. A empresária Donata Meirelles reporta que este tipo de vestido se assemelha a uma camisa longa com botões frontais. Em relação às peças empregadas pela duquesa, estas eram mais plissadas na parte de baixo, já que são mais modernas do que as existentes em tempos passados. A empreendedora brasileira assinala que em outras estações o vestido em questão já foi tendência, mas a cada ano ressurge com algumas modificações. Para arrematar o look, ela utilizava cintos estrategicamente posicionadas sobre a barriga.

As estampas irreverentes foram também empregadas pela duquesa de Sussex, quando estava grávida. Ao utilizar estas peças ela buscava por decotes mais profundos, de forma que pudessem valorizar o colo, equilibrando o look. Quando vestia roupas mais estampadas, Meghan optava por calçados igualmente informais, como por exemplo, as sandálias de salto anabela. Quando ia a algum baile, a duquesa investia em vestidos ajustados, que possuíam bordados discretos e aplicações de paetês, bem como fendas laterais, analisa Donata Meirelles.

Assista também: https://www.youtube.com/watch?v=2m8HgCoL7xg